Tag Archives: flor

Processo criativo

Padrão

.

para a galera do Sar’Altino

.

O verso revela o mundo
e seus caminhos.

.

Abrem-se os olhos para ver
as arestas que brilham sob o sol
as faces escondidas sob a sombra.

.

Não há pressa.

.

O verso e os olhos
são flor que desabrocha
são fruto que amadurece.

.

Rocha esculpida pelo tempo e o vento
da consciência.

.

A flor no quintal

Padrão
dos diálogos com Alejandro Reyes
Belchior
Carlos Drummond

e Charles Trocate

Tinha uma flor
largada no quintal do mundo.

.

Não tinha nome força ou luz
para contrastar o tédio
ou despontar em ato primavera.

.

Sem permissão alguma
o sol na madrugada ardeu
e consumiu a flor
gemendo labaredas e abismo.

.

Quando a aurora brotou
restou ao dia chover em celebração.