Barriga de aluguel

Padrão

1

Ultrapassando os limites de sua natureza
ovípara
emprestou os intestinos de roedores
para parir.

.

Não foi necessária a guarda
das forças armadas
para garantir que daria à luz.

.

.

2

Estava na sexta série
quando o professor de história
lhe explicou sobre o comportamento dos chupins

.

— Colocam seus ovos no ninho de outras aves.
Aí elas chocam, criam e alimentam os filhotes.

.

Mesmo após quatro anos de ciências biológicas
desconhecia o hábito das águias de cabeça branca
utilizarem hospedeiros para gestar suas crias.

.

.

3

Estava sentado no balcão da padaria
comendo um pedaço de lasanha
tentando digerir a história.

.

Assistia ao anúncio da sentença
do processo de impeachment
da presidenta da república
Dilma Vana Rousseff
emitida pelo senado brasileiro
e proferida pelo ministro
Ricardo Lewandowski.

.

Todo aquele processo era complexo
motivado por inúmeros interesses
(de classe e setores de classe)
cheio de reentrâncias e camadas
— imensa lasanha política.

.

.

4

O imperialismo
quando não pode invadir um território
diretamente
utiliza os mais diferentes ardis
para alcançar seus objetivos

.

— financiamento de guerras civis
organização de manifestações ditas espontâneas
denúncias falsas sobre armas de destruição em massa
apoio a grupos oposicionistas
embargos econômicos
ameaças militares
golpes de estado
inseminação artificial.

.

.

5

Encerrada a transmissão
ao vivo
da sessão daquele plenário
os âncoras emocionados
desejaram boa tarde
e acabou o jornal
Hoje.

.

O presente ainda existe
boquiaberto diante do passado
que estende seu tapete pro amanhã.

.

.

6

Finalizada a transmissão do jornal
o programa de entretenimento
na sequência
rememorou cenas de antiga novela

.

— Vale a pena ver de novo…

.

.

7

Getúlio Vargas, em 1954
Jucelino, em 1955
Jango, em 1964
Dilma, em 2016

.

coincidentemente
todos eles tinham algum compromisso
com a defesa do petróleo
como riqueza nacional.

.

Águias de cabeça branca
tem pouco instinto maternal
mas gostam muito de substâncias
formadas a partir da conjugação
de matéria orgânica, pressão e altas temperaturas
durante milhões de anos.

.

.

8

A história se repete
primeiro como tragédia
depois como farsa.

.

Na história
não há coincidências.

.

.

9

Terminou sua massa
pagou a conta.

.

Ruminava aquele momento
difícil de deglutir.

.

Cabeça erguida
pensava se seria possível
arrancar alegria ao futuro
romper o asfalto como flores
construir uma nova aurora
dinamitar o plano piloto
— nada se pode sozinho.

.

É impossível desistir.

.

.

10

Sob aplausos e panelaços
fogos de artifício e buzinas
muitos comemoraram o parto.

.

Ainda ofegante de tamanho esforço
suando e sorridente
Michel recebeu em seus braços
o filho que tanto esperou.

.

— Chamar-se-á Cesário Ipojuca Átila!

.

Ainda banhada em sangue e merda
beijou a testa de sua cria.

.

.

Anúncios

About j.constantino

Nascido em Mogi das Cruzes (SP), em setembro de 1986, Jonathan Constantino rascunhou seus primeiros versos em 1999. Perdidos todos nas gavetas e no tempo, desde 2000 mantem o esforço de registrar seus poemas, entre rascunhos (uma pilha, depois uma caixa) e projetos. Formado em Biologia, atualmente é professor da rede pública municipal de São Paulo (SP). Trabalhou na rede pública estadual e, por três anos, no Instituto Técnico de Formação, Pesquisa e Extensão em Agroecologia Laudenor de Souza, em Itaberá (SP). Além da licenciatura, já atuou como educador popular do CDHEP, na zona sul da capital paulistana, e na assistência social de Suzano, cidade onde viveu quase toda sua vida. Ainda, contribuiu com reportagens, artigos, resenhas, poemas e contos para o Jornal Brasil de Fato e revistas Mundo & Missão, Missões e Le Monde Diplomatique Brasil. Está preparando sua primeira publicação.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s