O brumário cabralino

.

dos diálogos com Oswald de Andrade,
Ruy Guerra e Chico Buarque
e Lima Barreto

.

.

Cabral perdeu-se na praia
após desembarcar em 22 de abril
debaixo duma bruta chuva
munido de espada e escapulário
e uma boa dose de lirismo
(além da sífilis, é claro).

.

Anos mais tarde
no dia 1º do mesmo mês
deu as caras no Senado
de mãos dadas a Auro de Moura Andrade
e outros passistas de correto traje e fino trato
desfilando no alto de um blindado alegórico.

.

Na segunda década do século 21
em 13 de maio se riria
adentrando o palácio
de braços dados com Michel
michê bem conhecido no Planalto
saudados por toda velha trupe de Bruzundanga.

 

 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s