Pequena defesa de tudo

para Mara Menegazzo

.

Decido com voz unânime pelo amor
A ignorância detesto!
Nostalgia imberbe todo o meu exército
E viverei o que queres
Ó amor?

.

Não sepultarei como desejam os homens
Que outrora pernoitam
Afã de escuridão
Velando a beleza.

.

Desde menino aprendi
A pronúncia e a simetria do desejo
Abasteço-me disso.
Esqueçam o que dizem os hipócritas
Estão enfermos e medram o chão involuntário do passo.

.

O amor sobreviverá diuturnamente e sujo de folhas
Na defesa
Alisto-me intrépido!

.

.

Charles Trocate

Marabá
Outubro de 2006

2 comments

    • O Charles Trocatte possui mesmo, em sua poesia, essa capacidade de sintetizar a firmeza que não se despe da ternura.
      Vale muito a pena conhecer seu trabalho.
      Muito obrigado pela visita, Alex, e volte sempre!

      Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s