Diz a foros

.

.

se meu compromisso
fosse comigo e o meu umbigo
tinha m’embrenhado na autobiografia
de auto-ajudar ao próximo
como a mim mesmo

.

se fosse mera questão de retórica
de aliança no dedo
de discurso hemorrágico
eu comia minha língua e derretia o anel
para estancar minha fome

.

mas meu cérebro dormeacorda
comigo
cospe o verbo em minha face
mijando sujas fotografias nos meus olhos

.

ai meu benzinho
se meu compromisso fosse comigo
eu fazia de ceroula a bandeira
recitava pão pra quem tem fome
falava como se apenas houvesse ouvidos
assistia tudo de cima do (escombro) do muro

.

e ia bater uma punheta

.

.

One comment

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s