Iara

Ilustração de Zizi, das quebradas da Zona Sul paulistana

.

.

Tua beleza retalha os olhos
de quem te insiste admirar.

.

Faz doer a cabeça
aos solitários
Lima o sexo úmido.

.

Muitos fizeste perecer
nas matas exploradas
que apresentaste.

.

Tantos gastaram o tempo e os ossos
à procura da pepita
que se prometia em teus riachos.

.

Quantas oferendas
Quantos sacrifícios

.

Quem ousou guerrear
foi ferido pela própria lança.
Quem folheou teus mistérios
foi abandonado
entre gemidos e ranger de dentes.

.

Aqueles que arriscaram
mirar teus olhos profanos
caíram de joelhos
Oraram em línguas que os anjos desconhecem.

.

.

.

3 comments

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s